sábado, 24 de dezembro de 2011


NATAL SOLIDÁRIO DA RÁDIO UNIÃO
FAMILÍAS FORAM ATENDIDAS
Equipe da rádio união fm
A iniciativa voluntária dos membros da equipe de comunicadores da Rádio União FM, em parceria com a loja Maçônica Estrela do Carajás, filiada do Grande Oriente do Brasil, e as Damas das Acácias, foi um sucesso, graças o espírito solidário do povo Xinguarense. A campanha que durou pouco mais de dez dias rendeu o atendimento a mais de 150 famílias em situação de insegurança alimentar 03 momentos marcaram a campanha a visita feita aos empresários, o dia “D” realizado dia 22 na Praça do Banco do Brasil, e entrega das cestas básicas a cada família cadastradas. O Presidente da Rádio considera que quem mais ganhou com a campanha da foi à equipe da Rádio, que saiu com um espírito renovado, com base na solidariedade. O empenho dos membros da Loja Maçônica Estrela do Carajás, fez a diferenças e trouxe o equilíbrio o que nos foi extremamente útil. Entendo que esta parceria deu certo, e vai  continuar.








terça-feira, 13 de dezembro de 2011

 FNDC elege Coordenação Executiva para 2012-2013
13/12/2011  -  Redação FNDC


Márcia Schuler
Coordenação Executiva eleita na
XVI Plenária
Foi aprovada a ampliação da coordenação, que passa a contar com representantes de nove entidades
O Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação elegeu, em sua XVI Plenária, a Coordenação Executiva para o biênio 2012-2013. O evento ocorreu nos dias 9 e 10 de dezembro no Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, na capital paulista. Na ocasião, aprovou-se o acréscimo de três novas vagas para entidades na coordenação.
Mantiveram-se os representantes da Central Única dos Trabalhadores - CUT, que responderá pela Coordenação-Geral, na pessoa de Rosane Bertotti; do Conselho Federal de Psicologia – CFP, Roseli Goffman, que ocupará a Secretaria Geral ; da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária – Abraço, José Luiz Nascimento Sóter, como Coordenador de Mobilização e Organização; e da Associação Nacional das Entidades de Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões – Aneate, Berenice Mendes Bezerra, na Assessoria de Políticas Públicas. A Federação Interestadual dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão – Fitert, que já fazia parte da coordenação, conta com um novo representante, Marco Antonio Ribeiro, que ocupará o cargo de Coordenador Tesoureiro.
Entre as novas entidades que compõem a coordenação estão o Centro de Estudos Barão de Itararé, representado por Renata Mielli, como Coordenadora de Comunicação; o Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social, na pessoa de João Brant; a Associação Brasileira de Radiodifusão Pública, representada por Orlando Guilhon; e a Federação Interestadual dos Trabalhadores em Telecomunicações, na pessoa de Edison Pedro de Lima. As três últimas entidades integrarão a Assessoria de Políticas Públicas junto à Aneate.
O mandato da atual executiva, coordenada por Celso Schröder, da Federação Nacional dos Jornalistas, vai até 31 de dezembro.
A XVI Plenária do FNDC contou com a participação de 21 entidades nacionais e regionais e 11 comitês do Fórum. No total, participaram 84 pessoas, sendo 44 delegados e 40 observadores.
Painéis
Na mesa de abertura do evento, estiveram presentes Cezar Alvarez, secretário-executivo do Ministério das Comunicações; Mauro Porto, representante da Fundação Ford; deputado federal Emiliano José (PT-BA); e Celso Schröder, como mediador. Os convidados falaram sobre as dificuldades da luta pela democratização dos meios e descreveram o cenário das comunicações no Brasil. “Os monopólios de mídia vêm com um panfleto reles, dizendo que queremos acabar com a democracia, limitar conteúdos. Nunca dissemos isso. Apenas pregamos o direito à comunicação e o respeito à constituição”, afirmou o deputado Emiliano José.
Ainda no primeiro dia de plenária, foi realizado o Painel Marco Regulatório – com o pesquisador em telecomunicações Marcus Manhães, João Brant e José Sóter –, e o Painel Fortalecimento do FNDC, em que a atual coordenação executiva realizou um balanço dos 20 anos do Fórum. No segundo dia do evento, foram debatidas as 28 teses enviadas pelas entidades e comitês participantes. A Secretaria Executiva do FNDC fica responsável pela sistematização das resoluções da Plenária, que serão publicadas posteriormente.
Revista
Durante a XVI Plenária do FNDC, foi lançada a 12ª edição da revista MídiaComDemocracia, que traz como tema central a Plataforma para um novo Marco Regulatório das Comunicações. A publicação já está disponível no site do FNDC. Para saber mais sobre a edição, aguarde o próximo e-Fórum!

NATAL SOLIDÁRIO DA RÁDIO UNIÃO
Conforme iniciativa voluntária dos membros da equipe de comunicadores da Rádio União FM, em parceria com a loja Maçônica Estrela do Carajás, filiada a maçonaria o Grande Oriente do Brasil, está sendo realizada a campanha NATAL SOLIDÁRIO UNIÃO. O espírito da campanha é garantir alimento, na mesa de famílias em situação de insegurança alimentar da nossa cidade no dia de natal. Partindo deste ponto, faremos uma campanha sem vinculo político partidário e sem iniciativa de lucros materiais, visando somente o bem está das famílias que estão sendo previamente cadastradas. As pessoas interessadas em fazer suas doações poderão procurar a cede da rádio que fica na Rua Guriatã nº 190 – Setor nobre de Xinguara, ou ainda poderá  doar através dos postos de arrecadação: Liguem para outras informações no 94 3426 3906 – 91359819 – 91510020 – 91539722 – faça sua doação, garanta a alegria de uma família, neste natal –Juarez Queiroz

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

    Caixa econômica foi inaugurada hoje em Xinguara
foto:Mábia Cristine
Um sonho antigo do povo Xinguarense, foi realizado neste dia 07 de dezembro. Desde o ano de 2005, quando o Professor Davi Passos assumiu a prefeitura de Xinguara  procurou constantemente a buscar por uma agencia da caixa para o município, procurou autoridades envolvidas e até falou com ministros objetivando tornar real os anseios do povo, foi um longo caminho mais finalmente, a agencia foi inaugurada com mais de 250 pré cadastros, para abertura de contas a expectativa do gerente Jonilton Gomes, e que possa atender com todos os serviços disponíveis a população dos municípios de Xinguara, Rio Maria Sapucaia e Água Azul do Norte, mas a agencia está preparada para atender usuários de qualquer cidade do entorno. O Prefeito Davi fez um pronunciamento acalorado na manhã desta quarta feira, disse da esperança da fé e vontade de cada cidadão Xinguarense em luta constante pelo desenvolvimento da cidade, e lembrou que uma pesquisa realizada pela federação da indústria do Rio de Janeiro, publicada no dia 25 de novembro, onde aponta Xinguara como o sétimo município mais desenvolvido do Pará “este desenvolvimento, não depende só de mim, mais de todos; dos operários da construção civil, os comerciários, os servidores públicos, os pequenos empreendedores e grandes empresas urbanas e rurais e até mesmo a produção do agricultor familiar.” O prefeito aproveitou o momento para divulgar os avanços nos índice da educação básica e com nota em alta no IDEB, acima da media do estado. – Juarez Queiroz              

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

A Matriz da CAIXA fica localizada Brasília/DF.
AGENCIA DA CAIXA SERÁ INAUGURADA EM XINGUARA

O inicio das atividades da caixa como  instituição se deu no dia 12 de janeiro de 1861 iniciando suas atividades em beneficio do povo brasileiro, quando Dom Pedro II assinou o Decreto n° 2.723, que fundou a Caixa Econômica da Corte.
A experiência acumulada permitiu que em 1931, a CAIXA inaugurasse operações de empréstimo por consignação para pessoas físicas. Três anos depois, por determinação do governo federal, assumiu a exclusividade dos empréstimos sob penhor, com a consequente extinção das casas de prego operadas por particulares.
A primeira hipoteca para a aquisição de imóveis da CAIXA do Rio de Janeiro foi assinada no dia 1º de junho de 1931. 55 anos mais tarde, incorporou o Banco Nacional de Habitação (BNH) e assumiu definitivamente a condição de maior agente nacional de financiamento da casa própria e de importante financiadora do desenvolvimento urbano, especialmente do saneamento básico.
Hoje a CAIXA tem uma posição consolidada no mercado, como um banco sólido e moderno. Como principal agente das políticas públicas do governo federal, está presente em todo o país.
 Atualmente a CAIXA, trabalha com dezenas de produtos e serviços que a diferencia em muitos aspctos de outras instituições financeiras, entre estes os serviços especializados que permitem o asceso ao crédito  que fomenta a politica de habitação, e a liberação de recursos nos convenios entre o governo federal e as prefeituras.
 A sua marca em financiamento de projetos hurbano e algo consolidado. A amozônia uma região em pleno  desvolvimento, cada implantação de novas agencias tem gerado grandes expectativas, tanto para  o poder publico das cidades atendidas, como para essas comunidades.
no sul do Pará diversas cidades estão recebendo agencias, Xinguara terá sua agencia inaugurada nesta quarta feira dia 07 de dezembro as 08 horas da manhã

domingo, 27 de novembro de 2011

Projeto Rádio nos Bairros vai atender a comunidade xinguarense

foto:Juarez Queiroz

Em planejamento neste ultimo domingo dia 27 de novembro, mais de vinte comunicadores da Rádio comunitária União FM, de Xinguara, participaram da segunda etapa de planejamento do projeto Rádio nos Bairros, que tem por objetivo levar diversos serviços e oportunidades a comunidade xinguarense, respeitando as particularidades de cada bairro. As atividades propostas já tinham sidas apontadas na primeira etapa ainda no mês de junho. Nesta segunda etapa foi possível elaborar as ações nas áreas de esporte, cultura laser e prestação de serviços comunitário entre outros, o projeto tem como meta a inclusão social; das donas de casa dos jovens e das crianças. A data para a realização das primeiras atividades já está marcada para dia 22 de janeiro de 2012, o primeiro bairro a ser contemplado será Tanaka. Os recursos serão capitados junto às empresas xinguarense, mas qualquer pessoa da comunidade poderá contribuir. Para fazer donativos os interessados deverão procurar a diretoria da rádio, ou obter informações com os comunicadores, os donativos deverão ser entregues diante da emissão de recibo padronizado da Associação Comunitária de Comunicação Popular de Xinguara ACCPX – mantenedora da Rádio União – Juarez Queiroz.   










quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Líder: Governo quer votar MP que altera limites de parques nacionais na terça



deputado Cândido Vaccarezza
O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirmou que o governo quer votar na próxima terça-feira (29) a Medida Provisória 542/11 que altera os limites de parques nacionais nas regiões Norte e Centro-Oeste para permitir a instalação de usinas hidrelétricas, autorizar atividades de mineração e destinar terras para regularização fundiária. Ela é a primeira de cinco MPs que trancam a pauta do Plenário junto com o projeto de lei que cria o regime de previdência complementar para os servidores da União (PL 1992/07). A medida altera os limites do Parque Nacional da Serra da Canastra, no sudoeste de Minas Gerais. Uma das mudanças propostas no parecer do deputado Zé Geraldo (PT-PA) é excluir da área as jazidas produtoras de diamantes e preservar a cultura de fabricação de queijo artesanal da região. A diminuição da área do parque tem gerado “burburinho”, segundo o deputado. “É legítimo o Brasil explorar seus recursos minerais em terra indígena, em parques. Não é legítimo termos uma fortuna embaixo da terra e não explorarmos em benefício do povo”, afirmou.
Agencia câmara




terça-feira, 22 de novembro de 2011

Xinguara:
I Fórum Municipal de Prevenção e Erradicação ao Trabalho Infantil e Proteção ao Trabalhador Adolescente: dia 02 de Dezembro 2011

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Xinguara através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social - CREAS o convida a participar do I Fórum Municipal de Prevenção e Erradicação ao Trabalho Infantil e Proteção ao Trabalhador Adolescente que ocorrerá dia 02 de Dezembro, a partir das 07h30min na Câmara Municipal de Xinguara.
·               O que é o Fórum: O I Fórum Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil representa um espaço permanente de articulação e mobilização dos agentes institucionais envolvidos com políticas e programas de enfrentamento ao trabalho infantil e de proteção ao adolescente trabalhador. Caracteriza-se como uma instância democrática, não institucionalizada, de discussão de propostas e construção de consenso entre os diversos segmentos da sociedade sobre o trabalho infantil. Objetivos do Fórum: Sensibilizar, mobilizar e articular os agentes institucionais governamentais e da sociedade civil para prevenir e erradicar todas as formas de trabalho infantil e assegurar a proteção ao adolescente trabalhador;
·               Construir um espaço permanente e democrático de reflexão, discussão e de construção de consenso;
·               Contribuir na elaboração de políticas, planos de ação e programas de prevenção e erradicação do trabalho infantil;
·               Acompanhar a implementação dos planos de ação de prevenção e erradicação do trabalho infantil;
Elaboração do Plano Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e de Proteção ao Trabalhador Adolescente. Síntese: O I Fórum Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil visa discutir a problemática no município buscando estratégias ao enfrentamento junto às entidades governamentais, não-governamentais e sociedade civil organizada.
Na ocasião será discutido o Projeto do Adolescente Aprendiz que regulamenta a inserção de adolescente de 14 aos 16 anos no mercado de trabalho como aprendizes, além da regulamentação dos adolescentes e jovens entre 16 a 18 anos nas empresas com os seus direitos trabalhistas assegurados. Serão abordadas ainda, as piores formas de trabalho infantil e sua proibição as crianças e adolescentes menores de 14 anos.

O novo código florestal poderá ser aprovado nos próximos dias

foto: divulgação da net
O texto do Código Florestal apresentado na Comissão de Meio Ambiente – CMA, do Senado, nesta segunda-feira, dia 21, é considerado satisfatório pelo governo. Por conta disso, agora o governo trabalha para que as novas emendas não inviabilizem os avanços. As informações são do secretário de Biodiversidade e Florestas do Ministério do Meio Ambiente, Bráulio Dias.
Em audiência pública na Procuradoria-Geral da República – PGR, Bráulio aproveitou para falar do polêmico texto e ainda afirmou que a proposta do texto não é a ideal para o governo, mas que é satisfatória. “Aceitamos negociar os passivos, desde que a preservação futura seja mantida. (Essa proposta) é satisfatória no sentido de evitar novos desmatamentos”, justificou para a Agência Brasil.
Porém, o secretário reconhece que o texto teve vários avanços no Senado, já que estabeleceu critérios para aceitar a intervenção em áreas de preservação permanente – APPs. Entre os critérios estavam o baixo impacto, o interesse social e a utilidade pública. Além disso, o texto do Código Florestal estabelece uma exigência de recuperação de 15 m a 100 m de vegetação. Essas vegetações precisam estar à beira de rios em ocupações rurais dentro de APPs.
O secretário ainda elogiou a proposta de Jorge Viana (PT), já que não deu detalhes sobre como será feito o programa. “É preciso equilíbrio entre o papel do Congresso e o do Executivo. Nós temos que tomar cuidado de não aprovar alguma coisa que leve o país à falência”, afirmou Bráulio. O texto apresentado por Viana dá 180 dias para que o governo estabeleça um programa de apoio e incentivo à preservação e recuperação do meio ambiente.
Xinguara, Centro de Referencia em atendimento a Mulher realiza a campanha dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a Mulher  

 Em 1991, 23 mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (Center for Women’s Global Leadership - CWGL), lançaram a Campa­nha dos 16 dias de ativismo com o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo. No Brasil os 16 dias de ativismo foram assumidos pelo movimento feminista brasileiro, sintonizado com a Campanha Interna­cional. Conquistado espaço na agenda brasileira e desde 2003 vem sendo coordenado pela organização não governamental AGENDE (Ações em Gênero, Cidadania e Desenvolvimen­to), com importantes ações de divulgação, mobilização e organização da campanha. O Brasil antecipou o início des­ta Campanha para o dia 20 de novembro – Dia Nacional da Consciência Negra - pelo reconhecimento histórico da opressão e discriminação contra a população negra e, espe­cialmente, as mulheres negras brasileiras que têm suas vidas marcadas pela opressão de gênero, raça e classe social. A campanha tem como objetivo a discussão sobre o índice de violência praticado em, todo o mundo. Atualmente tem atingido todas as classes sociais, sendo que as Mulheres da classe pobre ficam mais expostas. (O Estado de S. Paulo/IG/Folha.com) A cada dia do mês de setembro, 194 mulheres registraram boletim de ocorrência por lesão corporal no Estado de São Paulo. A cada hora, oito mulheres foram agredidas. Em todo o mês, foram 5.844 casos de violência contra a mulher registrados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) que, pela primeira vez, divulga os números da criminalidade contra as mulheres. A compreensão crítica da realidade em uma perspectiva de totalidade pressupõe entender os fenômenos sociais em suas dimensões objetivas e subjetivas, particulares e universais, determinados pelo processo de produção e reprodução das relações sociais. As diferentes estratégias de luta efetivadas pelo movimento feminista nas últimas décadas possibili­taram dar visibilidade às formas de violência. Em Xinguara a campanha está sendo realizada a partir de uma serie de atividades que protagonizam a formação de consciência comunitária, com informações precisas e sincronizadas através te temas abordados por profissionais das áreas de: psicologia, pedagogia, segurança e direitos da Mulher. 16 atividades serão realizadas entre os dias 08 de novembro e 05 de Dezembro contemplando a comunidade nas escolas, Igrejas auditório de órgão de segurança publica entre outros.    

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Esclarecimentos sobre a universidade federal do sul e sudeste do Pará
Segue esclarecimentos da Assessoria do Deputado Federal Claudio Puty, sobre a FALSA NOTICIA de que Xinguara não seria mais contemplada com o CAMPUS DA UNIFESSPA! É uma pura difamação objetivando atingir o nosso Deputado Puty.  Nosso Deputado Claudio Puty merece nosso respeito e admiração por todo o seu destaque e atuação na Câmara dos Deputados, sendo já no primeiro mandato, eleito Presidente de uma das principais Comissões da Câmara Federal: de Finanças e Tributação, um dos Deputados mais influentes em Brasília. Portanto, é PURA INVERDADE QUE O CAMPUS DE XINGUARA FOI RETIRADO DO PROJETO DA UNIFESSPA! Frente à Coordenação do Comitê Pró UNIFESSPA em Xinguara, sempre articulamos esse processo de forma pluripartidária, buscando apoio e forças políticas com as diversas correntes ideológicas e partidos políticos, diversos parlamentares, diversos movimentos sociais. A conquista da UNIFESSPA, não se trata de uma cor partidária, ou de um ou três parlamentares. Trata-se de um processo de lutas e articulações políticas, desde os partidos políticos e seus parlamentares diversos, desde os governos municipais, estadual e federal, envolvendo os diversos movimentos sociais e do meio acadêmico, principalmente da UFPA. Portanto, a UNIFESSPA é uma conquista do conjunto dos Sujeitos Sociais e Políticos de nossa região, do Pará e do Brasil. O relator do parecer, deputado Sebastião Balarocha do Amapá, em nenhum momento  ele fala da exclusão de Xinguara como campus da Unifesspa. Houve, sim, emendas ao PL, mas ninguém pede exclusão de nada. De: Ângelo Lima/GABINETE DO DEPUTADO FEDERAL CLAUDIO PUTY
Utilidade Publica
CERTIDÃO DE QUITAÇÃO ELEITORAL  

Olha só este serviço do TSE. Muito bom.
Você ainda guarda aquelas tirinhas de papel, para comprovar
que votou nas últimas eleições?
Afinal de contas sem essa comprovação não dá para tirar Passaporte, CTPS, etc. não é mesmo?
Pois pode mandar suas tirinhas para reciclagem....
Basta apresentar a Certidão de Quitação Eleitoral, que não custa um centavo sequer e você mesmo imprime em sua casa..
Acesse o site abaixo e preencha com os dados que você encontra no seu Título de Eleitor:

Gostou? Então, repasse esta dica...

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Xinguara realiza Feira comercial de artesanato

       Foi realizado em Xinguara no ultimo final de semana, dias 05 e 06 de novembro, a 3ª FECOM’ ARTE – Feira Comercial de Artesanato de Xinguara. O evento é promovido pela Prefeitura e realizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, com um expressivo apoio da Secretaria Municipal de Educação.  Nesta 3ª edição pode se comprovar; o evento é um espaço de potencialização para uma economia em desenvolvimento, a economia popular e solidária. 42 artesões de Xinguara e região expuseram seus produtos; que vão desde peças com pinturas artesanais em utilitários do dia a dia, peças produzidas com retalho dos mais variados tecido, crochês, bordados, aplicações e produção com material reciclado, trabalhos em madeira com a reprodução de grandes obras de escultores de renome internacional, até exposição de dezenas de telas dos artistas plásticos locais.  Com um volume inicial de vendas próximo de 50 mil reais. Na praça de alimentação 21 empreendedores trabalharam com um cardápio variado, pratos da culinária nordestina; tortas, bolos, doces, e salgados. Outro aspecto interessante é a capacitação dos produtores da economia solidária através das oficinas realizadas durante a feira onde 70 pessoas participaram das atividades realizadas pelo SEBRAE. O evento também valoriza os artistas locais nas manifestações culturais através da: arte circense musica danças, e poesia, estes recebem da prefeitura pequenos cachês como incentivo ao ineditismo, nestas manifestações. Outros municípios do Sul do estado também participam com seus produtos e artistas. Um diferencial notável na 3ª edição da FECOM’ ARTE, foi o expressivo apoio do empresariado local “quem patrocina feira com esta está apostando num evento que projeta o futuro de economia com produção sustentável, os empresário de Xinguara estão de parabéns”, disse o Secretário Municipal de Desenvolvimento e Econômico o Pernambucano radicado em Xinguara Severino Francisco da Silva, ( o popular Chico BIL) que destacou a participação dos Índios CAIAPOS com seus trabalhos de pinturas que foi um atração, a parte.  Cerca de dez mil pessoas compareceram no evento.
                Contribuição: Mateus Cardoso
                Reportagem e edição Juarez Queiroz









sexta-feira, 4 de novembro de 2011

PSB PARÁ PREPARA – SE PARA ELEIÇÕES 1012
    Participação do diretório de Xinguara foi expressivo. 
Ademir Andrade,Alair Ferreira,Diones Moreira e o Vereador ARI
o Partido Socialista Brasileiro (PSB) partido político de esquerda, que segue a ideologia socialista democrática, criado em 1947 a partir da Esquerda Democrática, até ser extinto por força do Ato Institucional nº 2, de 1965. Com remocratização do Brasil,o PSB foi recriado em 1985. Obtendo registro definitivo junto ao TSE em 1º de julho de 1988, com o código eleitoral 40. Passando a se organizar em todo Brasil antravés de suas lideranças. No Pará o Partido e presidido pelo ex Senador, e atual Vereador da capital Belém, Ademir Galvão Andrade. Em recente convenção estadual realizada nos dias 29 e 30 de Outubro o PSB, reuniu em Belém todas as lideranças do estado, onde puderam debater temas relevantes como: eleições municipais, criação dos estados, de Carajás e Tapajós e elegeram os delegados que iram a Convenção nacional que será realizada nos dias 02 e 03 de Dezembro em Brasília. Na oportunidade os diretórios municipais puderam fazer um diagnóstico; dos principais desafios, assim com das conquistas e avanços. No primeiro dia de convenção foi realizada uma palestra pelo Senador eleito pelo Estado do Amapá João Capiberibe, onde foi possível promover a reflexão, e o debate sobre a conjuntura política nacional. Segundo contou a nossa reportagem, o presidente do diretório do município de Xinguara, O empresário Alair Ferreira, o PSB, terá candidatos a prefeito na maioria dos municípios paraenses, nas eleições de 2012, como é o caso de Xinguara que foi a capital com uma expressiva comitiva, e com seu pré candidato a bordo; o empresário e Vereador do município, Arivaldo Santos Nascimento. Ainda segundo Alair, as expectativas por parte das lideranças é que o PSB terá em 2013, no Pará, um numero bem maior de Prefeitos e Vereadores – Juarez Queiroz    
   

 







domingo, 23 de outubro de 2011

Última chance do governo Dilma
“Diz Revista Veja”
 A Presidenta precisa parar de ouvir a mídia "raivosa da Direita.”
Por Eduardo Guigamarães
Não foi por falta de aviso que o governo Dilma Rousseff mergulhou na crise política em que se encontra, com a inédita perda de cinco ministros em menos de um ano. Este blog, assim como o ex-presidente Lula, previram, já no início de 2011, que a demissão do ex-ministro Antonio Palocci por pressão da mídia e de setores do PT faria com que milhões de brasileiros que apoiavam o governo anterior deixassem de apoiar a este.
A diferença de apoio popular do governo anterior para o atual, segundo revelam as pesquisas, mostra que parte dos setores da sociedade dispostos a sustentar este governo contra o partidarismo político da mídia – assim como sustentaram o governo anterior –, pulou fora.  Apesar de este governo ainda ter bom nível de apoio, esse nível é pelo menos 1/3 menor do que o do governo Lula, o que significa dezenas de milhões de brasileiros.
Não é difícil entender a razão. Se você tem um crítico feroz e as acusações que ele lhe faz o obrigam a tomar medidas que ele prega que tome e que confirmam que suas escolhas foram erradas, você admite a própria incompetência. Daí que grande parte da sociedade deixou de apoiar este governo enquanto afirma que o governo anterior era melhor.
Pesquisa Ibope divulgada no mês passado mostra que o nível de aprovação pessoal de Dilma, neste momento, é de 71%, mas seu governo tem apenas 51% de avaliações como bom e ótimo enquanto que o governo Lula era aprovado por cerca de 80%. Mesmo sendo um governo de continuidade, milhões de cidadãos vêem o governo Dilma como inferior ao de Lula
Muitas pessoas de boa fé compraram a tese da mídia de que Dilma é uma coisa e seu governo é outra, o que é uma impossibilidade física. Quem acha o governo Dilma ruim pode até achar sua titular uma boa pessoa, mas o cargo de presidente da República não é preenchido por simpatia e bondade e, sim, pela expectativa popular de que seja exercido com competência, seriedade e honestidade.
Lula previra, no início do ano, que da queda de Palocci decorreria uma onda de demissões de ministros que, dito e feito, acabou se confirmando. E tudo à toa. Meses a fio após sua queda, só agora um obscuro procurador tenta investigá-lo, certamente para não dar tanto na vista que sua derrubada ocorreu por razões políticas e não por conta de algum crime comprovado. E todos os outros ministros derrubados “por corrupção” foram deixados em paz após desistirem.
A mídia aproveita a fragilidade do apoio popular ao governo Dilma – com 51% de aprovação, está a um passo de ser reprovado pela maioria – para fomentar um movimento “contra a corrupção” que a última capa da Veja mostra que é orquestrado. A revista estampou na capa a imagem da máscara que esse movimento usa como símbolo, a do revolucionário inglês Guy Fawkes, junto a chamada para matéria acusando o ministro “bola da vez”, Orlando Silva.
No próximo dia 15 de novembro, mais uma vez em um feriado, esse movimento oposicionista-midiático sai às ruas com a pretensão de reunir “um milhão de pessoas”. E certamente irá bradar contra o ministério do Esporte.
Apesar de “marchas contra a corrupção” anteriores terem sido um fracasso de público (diante da campanha martelada por todos os grandes meios de comunicação de massa), percebe-se que os fatos políticos gerados pela campanha de desmoralização do governo Dilma, através da temporada de caça aos ministros que a presidente da República nomeou, dão fôlego a esse movimento.
Como antes, mais uma vez vai retornando um discurso suicida entre a base de apoio do governo Dilma na sociedade, de que, apesar de não haver provas, o ministro “bola da vez” não teria mais “condições políticas” de permanecer no cargo. E lá se vai o quinto ministro derrubado “por corrupção”, ainda que, à diferença do ex-chefe da Casa Civil, Orlando Silva não tenha apartamento de milhões de reais para servir como “prova” de que é “corrupto”.
Como em qualquer ministério há milhares de convênios com entidades privadas, tais como ONGs etc., a mídia achou um manancial inesgotável de matéria-prima para novas denúncias. Qualquer irregularidade em qualquer ministério derrubará o titular da pasta e é fisicamente impossível que algum ministério ou secretaria de governo estadual ou municipal não tenha casos questionáveis a serem explorados.
A mídia oposicionista, pois, adquire uma arma para pressionar o governo Dilma que o colocará de joelhos pelos próximos três anos. Qualquer política pública que este governo tente fazer vingar e da qual a mídia não goste, bastará ela ameaçar com novo escândalo para obrigar o governo a ceder.
A grande pergunta que se faz, portanto, é a seguinte: quanto tempo levará até que a mídia e a oposição decidam culpar a própria Dilma pela “corrupção” que dizem haver em seu governo? E como o cidadão poderá deixar de concluir que ela é a responsável pelo que se passa em seu próprio governo se a própria presidente elogia, afaga e obedece a esses detratores de sua administração?
A manutenção de Orlando Silva no cargo, portanto, é a última chance do governo Dilma de se manter autônomo. Se a Veja, a Folha, o Estadão e a Globo vencerem mais essa queda de braço, e se o PC do B cumprir a promessa de deixar a base de apoio do governo em caso de demissão de seu ministro, rejeitando indicar outro representante para o Esporte, a presidente não governa mais. Terá que pedir a benção da mídia e da oposição para cada medida.
Estamos no décimo mês do governo Dilma e, até agora, o que simboliza a sua administração é a incessante queda dos ministros que, não nos esqueçamos, foi a presidente que nomeou. Sem provas, sob esse mesmo “pragmatismo” que, inocentemente, até pessoas de boa fé acham que deixará o governo “livre para governar”, quando, na verdade, não passa de capitulação.
Agora lhe pergunto, leitor: você votou em Dilma Rousseff ou na mídia? Sim, porque quem está governando é a mídia, com esse poder de criar crises e paralisar o governo. Enquanto isso, as “marchas contra a corrupção”, infestadas por partidos de oposição e infladas pela mídia, caminham para se tornar o que fatalmente se tornarão: campanha pela queda do governo, provavelmente via impeachement.

sábado, 22 de outubro de 2011

Ação Mackenzie Voluntariado foi um sucesso em Xinguara.
  - Participação da juventude foi o diferencial -
foto:Juarez Queiroz
Salas de aulas da Escola de Ensino Fundamental Jair Ribeiro Campos, se transformaram! Em: Salão de beleza, Consultório Médico, Escritório de Atendimento jurídico, posto de entrega de peças de roupas cestas básicas, Incentivando a leitura infantil, Recreação Infantil, Emissão de C.P.F, grátis, e em local para momentos de reflexão e orientação espiritual.       Mobilizados pela igreja Presbiteriana de Xinguara, profissionais como: cabeleireiros, Advogado, Representante do Ministério Publico, Médicos, Radialistas, entre outros, foram mais de 50 voluntários os que participaram da Ação; tendo no coração uma das mais brilhantes virtudes do ser humano, o voluntariado; e no pensamento, as diretrizes do Instituto       Presbiteriano Mackenzie. Os voluntários fizeram deste sábado dia 22 de Outubro, um dia de alegria e construção cidadã; a 1.615 (uma mil seiscentas e quinze) pessoas atendidas no Bairro Tanaka, um dos mais antigos da cidade de Xinguara. Os moradores foram contemplados com seus serviços num clima de alegria, humanismo, e fraternidade. Os trabalhos foram a priori coordenados pelo empresário e membro da Igreja Presbiteriana Francisco George, que destacou o empenho em cada voluntário neste dia. Empolgado com os resultados da ação, disse que pretende realizar mais vezes este tipo de trabalho que engrandece o ser humano; voluntários e beneficiados!  “Tenho dito aos empresários de Xinguara, é preciso devolver a comunidade parte do que conseguimos ganhar em nossas empresas, convertendo estes benefícios em ações que melhorem as vidas das pessoas, seja nas questões sociais, ou culturais, disse. Para George um diferencial deste dia de serviços voluntário foi á participação dos jovens da Igreja Presbiteriana e de outras denominações. George também destacou a participação das empresas e profissionais, que fizeram deste dia um sucesso. Juarez Queiroz



Add caption














quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Governo do Estado realiza Plenária do Trabalho decente em Xinguara
         Nesta quinta feira dia 20 foi realizada em Xinguara na sede da Associação Comercial, uma plenária sobre o Trabalho Decente, onde foram debatidos os temas: princípios e direitos, proteção social, trabalho, emprego, e o fortalecimento dos autores tripartite (governo, trabalhadores e empregadores) também foi eleitos os delegados para a 1ª Conferência Estadual de Emprego e Trabalho Decente que acontecerá em Belém nos dias 17 e 18 de novembro deste ano. o evento recebeu apoio da prefeitura Municipal, com a participação das secretarias; de Desenvolvimento Rural, Desenvolvimento  Econômico e do Centro de Referência da Mulher (Casa Maria do Pará) Esteve presente na plenária o Professor Cleber Rezende, presidente da CTB - Central dos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil/PA.  E a Dra. Marília Albuquerque, coordenando os trabalhos através da Secretaria de Estado de Trabalho Emprego e Renda do estado. O Prefeito de Xinguara José Davi Passos esteve na plenária e falou da importância do fortalecimento das políticas publica do trabalho, “só há um jeito de se gerar riquezas é com o trabalho” disse Davi Passos.  O objetivo das plenárias regionais é contribuir para a construção e fortalecimento de uma Política Nacional de Emprego e Trabalho Decente. Os participantes se dividiram em grupos para debater e construir propostas para a primeira conferencia estadual do trabalho decente.
 Reportagem: Mateus.
Edição: Juarez Queiroz